Minissérie de podcasts conta em detalhes experiência de 3 Planos Municipais de Leitura

Disponível nas principais plataformas de streaming, a produção visa mobilizar outros atores a reivindicar a construção e implementação dos planos em suas cidades. Após as eleições de 2022, é grande a expectativa de retomada das políticas públicas do livro e da leitura no País.

A minissérie é uma iniciativa da Rede LEQT, da Agência de Comunicação Comunitária Vozes Daqui de Parelheiros, do IBEAC, do CPDC e com o apoio do GIFE (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas).

No dia 09 de novembro, a Rede LEQT – Leitura e Escrita de Qualidade para Todos, em parceria com a Agência de Comunicação Comunitária Vozes Daqui de Parelheiros; o IBEAC (Instituto Brasileiro de Estudos de Apoio Comunitário); o CPCD (Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento), de Parelheiros – SP; e com apoio do GIFE (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas), lançam nas principais plataformas de streaming a minissérie de podcast Olho-Vivo nos Planos de Leitura. Em três episódios, a produção visa incentivar que outros atores, ao conhecerem as experiências de Nova Iguaçu-RJ, Juína-MT e São Paulo-SP, sintam-se convidados e mobilizados a reivindicar e acompanhar a construção e a implementação dos planos de leitura em suas cidades. 

Com um time de peso, especialistas, gestores e ativistas do campo da leitura e da escrita do País contam o percurso e o papel da sociedade civil para a elaboração e aprovação em lei do PMLLLB (Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca) em suas cidades. Também discutem os principais avanços e desafios para a sua implementação e dão dicas para quem deseja iniciar essa importante discussão nos territórios. 

Ouça e compartilhe!

VOZES DAQUI DE PARELHEIROS: Spotify: Nova Iguaçu-RJ | Juína – MT | São Paulo – SP // Anchor: Nova Iguaçu-RJ | Juína – MT | São Paulo – SP

GIFE: Spotify | Google Podcasts | Apple Podcasts | Deezer

YOUTUBE (Playlist da LEQT): Nova Iguaçu-RJ | Juína – MT | São Paulo – SP

A construção dos planos nos estados e municípios está prevista na PNLE (Política Nacional de Leitura e Escrita) e no PNLL (Plano Nacional do Livro e Leitura), instituídos respectivamente pela Lei 13.696/2018 e pelo Decreto 9.930/2019. 

Contudo, apesar da determinação legal, o Mapeamento realizado pela Rede LEQT em 2020 indicou que apenas 12 estados e 153 municípios possuem planos de leitura ou estão em fase de construção. A consulta contou com a participação de 19 estados e de 833 municípios. O levantamento foi realizado com a consultoria de José Castilho e Renata Costa – especialistas e referências reconhecidas no tema, ambos ocuparam a secretaria executiva do Plano Nacional do Livro e Leitura nos períodos de 2006-2011/2013-2016 e 2017-2019, respectivamente.

“A ideia de compartilhar essas experiências em podcast surgiu após realizarmos o mapeamento dos planos no País. Após constatar o quanto precisamos avançar, a LEQT vislumbrou uma excelente oportunidade de divulgar junto a outros atores da sociedade civil boas experiências na construção e implementação de planos municipais de do livro da leitura, literatura e biblioteca. Nossa expectativa é que esse rico material incentive outros municípios a fortalecerem suas políticas no campo da leitura e da escrita”, avalia Dianne Melo, coordenadora de Engajamento Social e Leitura do Itaú Social, instituição que integra a coordenação da Rede LEQT.

Após as eleições de 2022, é grande a expectativa da retomada das políticas públicas voltadas para a efetivação do direito ao livro e à leitura pelos novos gestores públicos, em especial nos âmbitos federal e estadual.

 “Espero que 2023 seja o ano do início da recuperação do patamar que chegamos, enquanto política pública de livro, leitura, literatura e bibliotecas, com o PNLL implantado entre 2006 e 2010. É urgente a regulamentação da Lei 13.696/2018 da PNLE, a recriação da Secretaria do LLLB no MinC, a cogestão da formação de leitores com o MEC e a retomada da cooperação e compartilhamento do novo PNLL com a sociedade civil. Já fizemos, sabemos o que fazer, mãos à obra, Estado e Sociedade Civil junto à cultura e à educação”, defende José Castilho.

Conheça os três episódios do podcast Olho-vivo nos planos de leitura

Apresentação: Bel Santos Mayer (Ibeac/LiteraSampa) e Bruninho Souza (RNBC)
Convidadas: Mônica Verdam (Baixada Literária) e Raquel Batalha (Fenig)

Apresentação: Tarcísio Camêlo (Releitura-PE e RNBC) e Volnei Canônica (Instituto Quindim)
Convidados: Adriano De Souza (Secretário Adjunto de Cultura do Município de Juína-MT entre 2017 e 2020) e Patrícia Itaibele Gomes Pereira (pedagoga e mediadora de leitura)



Apresentação: Viviane Peixoto (Rede Beabah) e Márcia Licá (Associação Vaga Lume)
Convidados: José Castilho (Consultor e secretário executivo do PNLL de 2006-2011 e 2013-2016); Ricardo Queiroz (Bibliotecário e pesquisador),  e Julia Santos (Bibliotecária e ex-conselheira do PMLLLB de SP)

 

Skip to content